novembro 29, 2006

Poema? Sim, Poema!

Hoje ainda não postei a tira por que combinei com alguns amigos postar um poema em comum. Lá vai:

Poema a 9 mãos
Czarina , Fejones , Ellemos , Keila , Lasak , Marla "Vlap" , Octávio , Sandra , Jardim , e eu mesmo.


A chuva cessou
No peito alegre da menina
Triste
Mas as poças ficaram
Nas moças coisas ficam
Espelhando o novo céu que se abre
Espalhadas pelo chão, nesgas e nuvens
Que refletem mais que meu rosto
Desgosto, dizem, infiéis tormentas
Lamentos pelo caos que a tempestade
Deixou
Tantas rachaduras no asfalto
Tantas poças inspiradas pela chuva
Que o mundo escorrem
E escorrem...
Por dedos descuidados
Por vidas que se correm
Nos tempos que nos morrem
Pra chovermos noutras bandas
Umidade do mundo, por onde andas?

poema criado em conjunto pelos participantes do
primeiro encontro de poeblogueiros
edição Rio-SP
(notei que as 9 mãos tem 10! Alguém é maneta?)

10 comentários:

Jefferson de Souza disse...

Acho que, qdo começamos a escrever este, o Octavius não estava ca gente ainda...

Digamos que é 1 "poema a nove mãos que viraram dez"...

Leandro Jardim disse...

Alguém escreveu com a boca!!! Só pode ser isso!!!

A czarina das quinquilharias disse...

nãão, bonitões!!!
a gente contou na hora...É que a sandra tinha ido embora, já!
(vcs são daqueles que bebem e perdem a memória?)

Poeta Matemático disse...

Desse jeito eu vou acabar comentando em todos os blogs...

rsrsrs

Como disse no do Jardim e da Ellemos, uma maravilha!

Abraços

André Lasak disse...

Quer dizer que é post conjunto, mesmo? Eu posso ser do contra e postar outro dia?

Marla de Queiroz disse...

ahahahahahhahahaha.....só vc!

Tahkren disse...

os noves somos dézes!

Ellemos disse...

Pois é. A Czarina tem razão. Mas como a Sandra fez parte do maravilhoso encontro, ela ajudou na inspiração. Assim, digamos, ela deu uma mão... Mas na hora, só contamos as que estavam lá (9)...

vahnzz sam disse...

Mto bom, gostei bastante do poema!!

o blog també é excelente, seus trampos são bem legais!! parabens

Luzzsh disse...

Oiê Tahkren,

Tenho acompanhado os emails do encontro. Não pude ir ao primeiro, mas o segundo não me escapa. O poema ficou muito bom e suas tiras são ótimas...

Beijo...